A MEDIUNIDADE COMO UM INSTRUMENTO AMPLO PARA NOSSA EVOLUÇÃO

Nascimento dos Espíritos - Mediunidade e Efeitos Físicos

O Que é Mediunidade?

A mediunidade é um instrumento que auxilia na nossa evolução, e quando aplicada com consciência, possibilita uma maior evolução espiritual e cumprimento da nossa missão.
A mediunidade é uma faculdade do espírito, pois é uma capacidade de perceber estímulos extrafísicos, de perceber influências sutis de diferentes formas e em diferentes graus. É a ferramenta que faz com que o homem preso ao mundo material por conta de seu karma*, mantenha-se com a sintonia na Fonte a qual foi gerado.
É por isso que a mediunidade tem sido estudada ao longo dos anos, pois o seu bom desenvolvimento possibilita ao ser humano a capacidade de compreender cada vez mais a grandeza do universo, a missão da sua alma, a força poderosa do amor e profundidade da intenção dos pensamentos e sentimentos.
Infelizmente muita gente sofre porque não sabe a resposta para esta questão, ou até mesmo por ter medo em lidar com este assunto.
A mediunidade não é exclusiva de algumas pessoas, na verdade, todos nós somos médiuns. A capacidade mediúnica não é nenhuma bênção especial, tampouco, uma punição, ela não é boa nem ruim. Ela é simplesmente uma capacidade que nos ajuda a evoluir.
A mediunidade é uma capacidade do espírito, que se aperfeiçoa pelo exercício e esforço pessoal, é universal, comum a todas as pessoas, e que pode se manifestar de diferentes maneiras e em diferentes graus.
Cura através dos Médiuns - Mediunidade Na Prática
Cura através dos Médiuns – Mediunidade Na Prática
Todos somos médiuns, alguns mais, outros menos desenvolvidos!
Outra opção que pode ocorrer, é ignorar a mediunidade, ignorar as intuições e sentimentos, ignorar que somos espíritos vivendo uma experiência material. Isso com certeza irá gerar dor e sofrimento em sua vida.
Todos somos médiuns, alguns mais, outros menos desenvolvidos!
Outra opção que pode ocorrer, é ignorar a mediunidade, ignorar as intuições e sentimentos, ignorar que somos espíritos vivendo uma experiência material. Isso com certeza irá gerar dor e sofrimento em sua vida.

Tipos de Mediunidade


Existem diferentes formas da mediunidade se manifestar, como a Mediunidade Clarividente (faculdade de ver os espíritos), a Mediunidade Clariaudiente (ouvir a voz dos espíritos), Mediunidade 
Existem alguns sintomas, sinais, que podemos perceber quando a mediunidade começa a aflorar. Trarei aqui 4 sinais de mediunidade.
1.Intuição / sexto sentido muito forte que depois acaba se confirmando;
2.Sonhos reveladores que transformam muitas áreas da sua vida;
3.Súbita aceleração dos batimentos cardíacos (taquicardia) sem nenhum motivo “aparente”;
4.Ouvir vozes ou sons;
Quando estes sinais forem percebidos, indicam que a mediunidade está aflorando na sua vida, e é preciso desenvolvê-la para conduzir sua vida da melhor maneira possível, para um caminho de luz, amor e evolução.
Mediunidade - Os efeitos extrafísicos
Mediunidade – Os efeitos extrafísicos
Será que Preciso Desenvolver Minha Mediunidade? Esta é uma frase muito comum: “Você precisa desenvolver a sua mediunidade!”
Mas será que eu preciso mesmo desenvolver a minha mediunidade? O que eu vou ganhar com isso?
Se você está lendo este material sobre mediunidade não é por acaso.
Provavelmente você já sentiu ou sente a mediunidade aflorando em sua alma e sente que é preciso buscar conhecimento para poder desenvolvê-la.
Quando a mediunidade aparece, é um sinal dizendo: está na hora de evoluir espiritualmente e sair do sono evolutivo que sua alma está. É um sinal que avisa que chegou o momento de se tornar útil para o universo, ajudando Deus Pai, Nosso Criador em Sua missão, que é a evolução espiritual em massa. É por isso que ela aflora.
Como Desenvolver Minha Mediunidade?
Mediunidade - Os efeitos extrafísicos
Mediunidade – Os efeitos extrafísicos
Muitas pessoas já nascem com seus potenciais mediúnicos plenamente desenvolvidos, outras sequer percebem traços de sensibilidade, a mediunidade não é algo estático, ela aumenta ou diminui conforme nós vamos nos desenvolvendo e aprimorando.
Existem também alguns casos de pessoas que nascem com uma grande sensibilidade e capacidade mediúnica, e por não desenvolver ao longo do tempo esta capacidade vai adormecendo.
Na maioria dos casos, nos tornamos adultos e começamos a viver a rotina material diária, cheia de obrigações e compromissos, somos tomados pelo estresse e ansiedade diários, e acabamos nos afastando da nossa essência espiritual.
Por isso, quando começamos a praticar o relaxamento e a meditação, a mediunidade começa a aflorar.
Quanto mais se exercita a mediunidade, mais a pessoa poderá se utilizar dos benefícios e possibilidades dos sentidos extrafísicos, para sua evolução e para a evolução de todos os seres.
Tão importante quanto desenvolver a mediunidade, é desenvolver os valores morais: o amor a si mesmo e ao próximo, o perdão, a paciência, a verdade, o desapego, a fé, a compreensão da sua missão de vida e a busca constante pela evolução.
O universo e a Mediunidade
O universo e a Mediunidade
Existem muitas formas de desenvolver a mediunidade, independente de doutrinas e religiões. Estamos vivendo em um momento onde o conhecimento do oriente se une ao conhecimento do ocidente, o da espiritualidade com a ciência, e isso é maravilhoso pois nos traz infinitas formas de crescimento espiritual e desenvolvimento da mediunidade.
Não importa se você é evangélico, católico, kardecista, umbandista, muçulmano, hinduísta, o que importa é você desenvolver a sua mediunidade, estamos na era do universalismo e temos infinitas possibilidades para expandir a nossa consciência.
Busque o conhecimento, o autoconhecimento, ore, medite, cante mantras, leia livros de conteúdos edificantes, não importa de que forma, desenvolva a sua mediunidade.
O universo e a Mediunidade
O universo e a Mediunidade
O universo e a Mediunidade
Neste aspecto, a proposta do Espiritismo é a de esclarecer e educar o médium, à luz do conhecimento espírita presente nas obras codificadas por Allan Kardec, assim como a vivência do Evangelho de Jesus. Jesus e Kardec representam os fundamentos da prática mediúnica, em particular, e do Espiritismo em geral, conforme a feliz expressão de Emmanuel: “Em suma, diante do acesso aos mais altos valores da vida, Jesus e Kardec estão perfeitamente conjugados pela Sabedoria divina. Outro ponto,  é o fato de não existir um tipo demediunidade mais importante que outro. 
Segundo a Codificação Espírita, a mediunidade é classificada de acordo com a natureza dos efeitos que a manifestação dos Espíritos produzem: físicos e inteligentes (ou intelectuais).
Mediunidade de efeitos físicosDá-se o nome de manifestações físicas às que se traduzem por efeitos sensíveis, tais como ruídos, movimentos e deslocamento de corpos sólidos. O efeito
mais simples, e um dos primeiros que foram observados, consiste no movimento circular impresso a uma mesa. Esse efeito igualmente se produz com qualquer outro objeto, mas sendo a mesa, por sua comodidade, o móvel mais utilizado, a designação de mesas girantes prevaleceu, para indicar essa espécie de fenômenos. 
A mediunidade de efeitos físicos, muito comum à época de Kardec, abrange uma vasta categoria de fenômenos que podem ser produzidos espontaneamente, à revelia do médium, ou com a colaboração consciente deste. Os médiuns de efeitos físicos são fornecedores naturais de ectoplasma, também chamada de força nervosa por Allan Kardec, é um fluido vital, substância considerada um subproduto do fluido cósmico universal. O Espírito André Luiz presta algumas informações a respeito do ectoplasma, substância imprescindível às materializações e transportes de objetos e de Espíritos.
reuniao-mediunica
Reuniao mediunica
O veículo físico começou a expelir o ectoplasma, qual pasta flexível, à maneira de uma geleia viscosa e semilíquida, [expelida] através de todos os poros e, com mais abundância, pelos orifícios naturais, particularmente da boca, das narinas e dos ouvidos, com elevada percentagem a exteriorizar-se igualmente do tórax e das extremidades dos dedos. A substância, caracterizada por um cheiro especialíssimo, que não conseguimos descrever, escorria em movimentos reptilianos.
Fundamentos ao estudo da mediunidade acumulando-se na parte inferior do organismo medianímico, onde apresentava o aspecto de grande massa protoplásmica, viva e tremulante.
As manifestações físicas mais simples são os ruídos (noises ), mas há muitos outros: pancadas em móveis, portas ou ecoadas no ar; surgimento, deslocamento e desaparecimento de objetos; escrita direta em papel, parede, pedras, etc.; sons e vozes audíveis em determinado recinto ou na atmosfera.
Ruídos, pancadas e pequenos deslocamentos de objetos são manifestações simples, mas que devem ser averiguados com cuidado: “É principalmente neste caso que se deve temer a ilusão, já que uma porção de causas naturais pode produzi-los.”
- See more at: http://www.nucleoalquimico.com.br/o-que-e-mediunidade/#sthash.1rX9oaJz.dpuf

MEDIUNIDADE NA PRÁTICA – O CURSO DO BRUNO GIMESES

50cff94166e27197759b323dd1d72d26

MEDIUNIDADE NA PRÁTICA – CURSO BRUNO GIMESES

2015-06-11_0028

O que é a mediunidade na prática?


¨Mediunidade na Prática” , é a faculdade que todos, sem exceção temos de intermediar. Médium é uma expressão que vem do latim e significa intermediário. É uma faculdade psíquica ou sensibilidade extra-física. Está presente em todas as pessoas. Sempre! O que difere é que em algumas ela aparece pouco evidente, enquanto que em outras se mostra desenvolvida, aguçada.
Todos somos médiuns, alguns mais desenvolvidos, outros menos. A maior parte das pessoas desconhece esse fato.
Mediunidade é uma sensibilidade ao extrafísico, ou seja, é por meio dela que se percebe a realidade extrafísica, aquilo que nem sempre os olhos veem. Ela também é a sensibilidade a tudo o que está ao nosso redor, sejam pessoas, família, filhos, amigos, trabalho, plantas, animais etc.
É possível desenvolver a sua mediunidade para ter ajuda, tratamento espiritual e aumentar o seu sexto sentido. Além disso, é possível acabar de forma definitiva com os problemas da mediunidade não desenvolvida ou bloqueada.
Ser medium é apenas uma consequência da nossa condição humana, e isso não é bom, nem ruim. Todos nós somos médiuns, e vemos por aí pessoas escolhendo fazer o bem ou fazer o mal. Portanto, o que torna a mediunidade boa ou ruim são as nossas ações.
Alguns sintomas da mediunidade afetam a sua vida negativamente e talvez você nem saiba. Entenda cada um deles para uma vida bem mais leve e equilibrada, principalmente no ponto de vida emocional e relacionado ao surgimento dos sentimentos de ansiedade, raiva, medo, depressão e outras síndromes.

Tipos de Mediunidade 

No curso  ” Mediunidade na Prática” explicamos que a mediunidade pode ocorrer de várias formas, vamos citar apenas algumas mais comuns como a vidência – enxergar com olhos nus, clarividência – enxergar com os olhos da mente, clariaudiência – ouvir sons, psicografia – a canalização e escrita de mensagens, a projeção astral – quando o corpo espiritual da pessoa sai consciente de seu corpo físico em repouso, podendo viajar para outros espaços ou dimensões. Em todos os casos, sempre há captações sensoriais de vibrações, imagens, inspirações, palavras, que vem de fontes extra-físicas, nunca anímica.
A premonição, que é a capacidade de sentir o que está por acontecer, antes mesmo que aconteça, é uma típica forma de mediunidade. Além da leitura de pensamentos, que muito fazemos, sem mesmo saber que estamos fazendo. Isso acontece com freqüência, quando se sabe o que o outro vai falar, antes mesmo de começar a verbalizar.

A mediunidade se manifesta na vida da pessoa de que forma?

A manifestação da mediunidade ocorre na pessoa assim como qualquer outro aspecto da personalidade. A pessoa que dança, faz por sentir afinidade com a prática.
Quem pratica um esporte é a mesma coisa. Existem muitas coisas que afloram em nós a qualquer momento, vontades, tendências, iniciativas e principalmente aspectos da personalidade como alegria, amor, ciúme, posse, fé, confiança, comodismo, etc. Os dons ocultos, também surgem o tempo todo nas pessoas, quando elas percebem muita aptidão para uma prática específica.
Ocorre que a mediunidade é exatamente igual, aflora naturalmente de nossa essência. Mas como ignoramos o fato de sermos espíritos tendo experiências no plano físico, criamos toda uma polêmica e uma atmosfera de medo quando ela surge.
A mediunidade não é boa nem ruim! Ela simplesmente é a condição que a pessoa precisa para evoluir. Bom ou ruim pode ser sua forma de utilização, que depende da moral e da integridade de cada um, ou seja, dos princípios e valores da pessoa.
A mediunidade acarreta aumento de sua responsabilidade, no sentido de utilizar com sabedoria suas percepções extra-físicas. Afinal, esse dito “dom” da mediunidade, acaba tornando a pessoa alguém “diferente”, o que não é verdade… Essa “diferença”, perante o estilo de vida aqui na Terra pode gerar muitas conseqüências negativas se a moral e os princípios do médium não forem voltadas para o bem maior da humanidade e sua evolução pessoal.
Porta de Luz - Sobre o curso Mediunidade na Prática
Porta de Luz – Sobre o curso Mediunidade na Prática

O que é um médium?

Todo espírito presente nesse planeta, que se manifestando fisicamente em um corpo denso, é um médium.
O que ocorre é o fato de que poucos são médiuns conscientes e dedicados. O médium aplicado na busca da evolução espiritual individual e coletiva, pode ser considerado um ponto de luz no universo, um ser desperto na sua missão de contribuir para a evolução do planeta.
Todos somos médiuns, alguns mais desenvolvidos, outros menos. A maior parte das pessoas desconhece esse fato.
É uma faculdade psíquica ou sensibilidade extra-física. Está presente em todas as pessoas. O que difere é que em algumas ela aparece pouco evidente, enquanto que em outras se mostra desenvolvida, aguçada.
Os grupos espíritas, aqui no ocidente, foram os primeiros a abordar esse tema, que para muitos era assunto ocultista e até alvo de rejeição e preconceito.
Os centros espíritas foram os pioneiros a popularizar o termo mediunidade, trazendo informação, esclarecimento e oportunizando que as pessoas interessadas pudessem estudar e aplicar a mediunidade em práticas específicas.
Desde que começou esse movimento e se estabeleceu essa forma de ajuda oferecida pelos centros, muitas pessoas têm vinculado o termo mediunidade unicamente ao estudo espírita.
Pense no mestre Jesus. Ele foi um incrível médium! Dotado de percepções e sensibilidades incríveis. Ele não ia na casa espírita. E na Índia, berço de Grandes Mestres da Humanidade. Não havia centros espíritas. Pois então, como esses Grandes Seres desenvolveram suas faculdades mediúnicas?
Através de diversas práticas, com disciplina, dedicação e muito altruísmo consciente. Portanto é muito legal a pessoa procurar locais que possam proporcionar ajuda para o médium compreender esse mecanismo todo, no entanto não é imprescindível e depende da vontade e da afinidade de cada ser, pois existem muitas formas de lapidar a mediunidade.
4
Desespero, tristeza e Depressão – Sobre o curso Mediunidade na Prática

Como desenvolver a mediunidade?

Mergulhando na proposta que a mediunidade traz que é: Evolução, Crescimento, Reforma Íntima, ou seja a busca pela espiritualidade. Fazendo da busca pela consciência espiritual um estilo de vida, com aplicação, dedicação e disciplina.
Qual é a mensagem por trás do afloramento da mediunidade em qualquer pessoa?
O que o universo quer dizer quando a mediunidade se manifesta?
Quando a mediunidade aparece, é um sinal dizendo: Está na hora de evoluir espiritualmente e sair do sono evolutivo que sua alma está. É um sinal que avisa que chegou o momento de se tornar útil para o universo, ajudando Deus Pai, Nosso Criador em Sua missão, que é a evolução espiritual em massa. É por isso que ela aflora.
Simplesmente porque todos nós temos que trabalhar nossa mediunidade, já que temos que contribuir para a evolução consciente do universo.
Desespero, tristeza e Depressão - Sobre o curso Mediunidade na Prática
Limpeza Espiritual – Tudo é aprendizagem – Curso Mediunidade na Prática

E se eu não quiser essa mediunidade?

Não temos como impedir os ciclos naturais, não dá para trancar a evolução do universo. O normal de um gato é miar, de um cão, latir, da água ser molhada e do fogo ser quente. Quem pode mudar isso?
E o mecanismo da mediunidade precisa ser entendido para que não haja rejeição, medo ou insegurança. Se você desistiu de desenvolvê-la, lapidá-la, irá também arcar com a conseqüência, inegavelmente.
Nosso livre arbítrio sempre é respeitado, no entanto a nossa decisão nunca terá o poder de reter o fluxo evolutivo do universo. Como já sabemos, se não aprendemos pelo amor, precisamos provar da dor, a escolha é sempre de cada um.
Quais são os maiores desafios para quem desenvolve e utiliza essa mediunidade no dia-a-dia?
Usar a mediunidade como um instrumento para melhorar a humanidade.
Aprender utilizá-la de forma honesta, idônea, voltada para o bem maior.
Colocando-se permanentemente como instrumento de ajuda para a evolução da humanidade.
Deixar a energia grandiosa de Deus fluir, pela bondade e pelo amor.
Se o médium souber trilhar sua vida com humildade, constância de propósito, usando essa força com discernimento, também poderá viver inserido em uma atmosfera espiritual linda, agradável, amorosa, verdadeiramente encantadora. É preciso ficar atento, sempre, a todo instante. Orai e vigiai é a cartilha que o médium deve seguir.

Fonte:http://www.nucleoalquimico.com.br/mediunidade-na-pratica-o-curso/#sthash.XbB1tKqx.dpuf

mediunidade (7)

 MANIFESTAÇÕES MEDIÚNICAS E EFEITOS FÍSICOS

MANIFESTAÇÕES MEDIÚNICAS – Dá-se o nome de manifestações físicas às que traduzem por efeitos sensíveis, tais como ruídos, movimentos e deslocação de corpos sólidos.Umas são espontâneas, isto é, independentes da vontade de quem quer que seja; outras podem ser provocadas.
QUAIS SÃO OS TIPOS DE MANIFESTAÇÕES DE EFEITOS FÍSICOS?
Pode ser ruídos, barulhos, pancadas (tiptologia) e sinais (sematologia);
• do arremesso de objetos ao “poltergeist”;
• lugares assombrado e as assombrações;
• fenômeno de transporte de objetos;
• escrita direta ou voz direta;
• materialização de espíritos
• curas
TIPTOLOGIA – É a comunicação espírita realizada por meio de sons ruídos e/ou pancadas na através de influência de espíritos.Mesas girantes (falantes ou dançantes): as comunicações mediúnicas são caracterizadas por uma mesa que pode se mover em várias direções ou levantar-se,obedecendo ao comando mental e à vontade dos desencarnados.
SEMATOLOGIA –  É a comunicação espírita produzida através de sinais, formando palavras. Ex. Hydesville. Um Espírito pode comunicar seu pensamento pelo movimento de um objeto qualquer. Colocados os dedos sobre a borda, presentes uma ou várias pessoas, e evocado o Espírito, se ele se encontra presente e julga conveniente revelar-se, a mesa se ergue ou se abaixa, movimenta-se, e, por esses movimentos de vaivém para a direita ou para a esquerda, responde afirmativa ou negativamente. Batendo com os pés,ela exprime alegria, impaciência e até mesmo cólera. Algumas vezes vira-se de pernas para o ar ou se precipita sobre um dos assistentes, como se tivesse sido impelida por mão invisível.
Manifestações Mediúnicas - Efeitos Físicos
Manifestações Mediúnicas – Efeitos Físicos
ARREMESSO DE OBJETOS AO “POLTERGEIST – ”Quando os espíritos se manifestam através de objetos lançados ou atirados de um lado para outro, com a finalidade dese fazerem perceber com o intuito de perturbar. Os fenômenos necessitam do ectoplasma do médium para que ocorra o processo.
LUGARES ASSOMBRADOS E AS ASSOMBRAÇÕES – As manifestações espontâneas, que em todos os tempos se hão produzido, e a persistência de alguns Espíritos em darem mostras ostensivas de sua presença em certas localidades, constituem a fonte de origem da crença na existência de lugares mal- assombrados.
Na verdade, os Espíritos ainda muito presos a pessoas ou a coisas materiais permanecem em determinados locais por tempo variável, produzindo fenômenos de efeitos físicos, que causam medo. Nem sempre tais Espíritos são maus. Muitos deles, os (…)que frequentam certos lugares,produzindo neles desordens,antes querem divertir-se à custada credulidade e da covardia dos homens, do que lhes fazer mal.
TRANSPORTE – É o fenômeno de introdução de objetos em locais ou móveis fechados. Por exemplo: uma flor, uma cadeira,uma pedra, etc., são transportadas para uma sala totalmente fechada e sem nenhuma abertura por onde esses objetos possam passar.No fenômeno de transporte, o Espírito – para desintegrar o objeto – satura-o com fluido vital do médium, com os próprios fluidos e com outros existentes no plano espiritual. A seguir, os elementos atômicos que constituem o objeto são reintegrados e, então, o objeto é materializado num ambiente hermeticamente fechado.
Manifestações Mediúnicas - Efeitos Físicos
Manifestações Mediúnicas – Efeitos Físicos
VOZ DIRETA – PNEUMATOFONIA –  É a comunicação mediúnica em que se ouve a voz espiritual, sem a participação das corda vocais do médium. O Espírito comunicante utiliza o Ectoplasma do Médium em combinação com os fluidos ambientais para moldar (Plasmar) um aparelho fonador humano(“gargantas fluídicas”) e através da ação do pensamento sobre a matéria plasmada movimentar o aparelho e produzir sons audíveis por todos os presentes. O fenômeno é físico e a voz gerada é efetivamente onda sonora audível por qualquer ouvido material perfeito.
BATISMO DE JESUS – Jesus veio até o Rio Jordão, onde ele foi batizado por João.Durante o Batismo de Jesus,aconteceu fenômenos mediúnicos de efeitos físicos coma aparição de um espírito em forma de pomba, e uma voz(garganta ectoplásmica), que disse: “Este é o meu filho amado,em quem coloco todo a minha complacência.”.
ESCRITA DIRETA – Na escrita direta dos Espíritos, isto é,sem a intervenção do corpo físico do medianeiro. Neste caso, o Espírito retira do fluido cósmico e do fluido magnético de um médium a substância necessária à impressão de caracteres e/ou letras, “o mais frequentemente com uma substância acinzentada, análoga à aparência do chumbo; de outras vezes com lápis vermelho,tinta comum e mesmo tinta de imprensa”.  Ver o artigo de Psicografia neste site. 
MATERIALIZAÇÃO DE ESPÍRITOS – Materialização, ou ectoplasmia, é o fenômeno mediúnico de efeitos físicos pelo qual os Espíritos, utilizando a substância ectoplásmica fornecida pelo médium, eventualmente complementada pela dos assistentes, e adicionando os fluidos espirituais e os fluidos da Natureza, se corporificam, total ou parcialmente, no plano físico.A palavra ectoplasma – formada dos vocábulos gregos: ektós= fora, exterior, e plasma de passein = dar forma. Designa em Biologia, a parte periférica do citoplasma (protoplasma da célula, excluído o núcleo).  
Manifestações Mediúnicas - Efeitos Físicos
Manifestações Mediúnicas – Efeitos Físicos
No âmbito das ciências metapsíquicas, tem significa do específico diferente: designa a substância fluídica que, em determinadas circunstâncias, emana do corpo de certos médiuns, pelos orifícios naturais, como as narinas e a boca, e serve para a produção de fenômenos de efeitos físicos,principalmente os conhecidos por materialização.A materialização é o fenômeno pelo qual os Espíritos se corporificam, total ou parcialmente, tornando-se visíveis a quantos estiverem presentes no local das sessões. Não é preciso ser médium para ver o Espírito materializado. Materializando-se, corporificando-se, pode o espírito ser visto, sentido e tocado.Os Espíritos com o fenômeno de materialização, também,podem fazer perceber sensorialmente imagens, sons, coisas ou objetos trazidos de planos vibratórios diferentes, dando-lhes forma e substância materiais.
A materialização é um fenômeno que não ocorre de um modo uniforme, podendo assumir várias gradações. Além disso, não pode ser confundida com a aparição, fenômeno pelo qual o Espírito é visto apenas por um médium vidente. A materialização é um fenômeno objetivo e a aparição é um fenômeno subjetivo.Como a intensidade da ectoplasmia é variável, pode gerar formas extremamente vaporosas, quase imperceptíveis aos não videntes, outras vaporosas, mas plenamente visíveis e outras tangíveis. A rigor, somente estas duas últimas pode-se aplicar,com propriedade, o termo materialização. Os aspectos do ectoplasma são tão variáveis que vão desde uma forma rarefeita que o mantém invisível – porém registrável por outros métodos- até o estado sólido e organizado em estruturas complexas, tais como os “espíritos materializados” – agêneses ectoplásmicos.Entre estes dois extremos ele pode passar por estados diversos:gasoso, plasmático, flosculoso, amorfo, leitoso, filamentoso,líquido, etc.

ELEMENTOS ESSENCIAIS PARA OCORRER A MATERIALIZAÇÃO
DAS MANIFESTAÇÕES MEDIÚNICAS

Nos fenômenos de materialização, os Espíritos tem que contar com três elementos essenciais, a fim de que o trabalho alcance êxito:
1- Fluidos Espirituais – forças superiores retiradas do fluido Cósmico.
2- Fluidos ou energias do médium (ectoplasma) e dos assistentes
3 – Fluidos da natureza – terrestre, nas águas, nas plantas, etc.Podem materializar-se tanto os Espíritos desencarnados como também os espíritos encarnados.
COMO ACONTECEM OS EFEITOS FÍSICOS – Para produzir uma manifestação física, o Espírito combina uma porção do fluído universal, (criado por Deus), que se presta a muitas modificações, com o fluído que se desprende do corpo material do médium apto a produzir efeitos físicos;O Espírito tem a seu dispor um fluído universal modificado e condensado, o qual se presta, inclusive, à formação do seu corpo espiritual, denominado por Allan Kardec de perispírito, envoltório fluídico ou invólucro semi-material;
Efeitos físicos da Natureza
Efeitos físicos da Natureza
O corpo espiritual (perispírito) do Espírito tem a forma humana e conserva este tipo. Porém, a forma e a aparência podem variar adequando-se ao grau de evolução do Espírito;
-O Espírito atua sobre os fluídos usando a vontade e os impulsos da sua inteligência;
-O Espírito precisa, sempre, para produzir efeitos físicos, dos fluídos animalizados emitidos por um médium;
-O Espírito, para realizar manifestações físicas, combina os fluídos emitidos pelo médium com os seus próprios fluídos espirituais. Assim, as manifestações físicas dos Espíritos decorrem sempre da união do fluído animalizado emitido pelo médium com o fluído universal que está à disposição dos Espíritos; 
TRANSFIGURAÇÃO – Transfiguração consiste num ato de efeitos físicos. É um fenômeno resultante de uma transformação perispiritual, que se produz sobre o próprio corpo vivente, isto é, materialização do próprio corpo espiritual, dando origem a formas belas, radiosas,luminosas, se forem de Espíritos elevados, ou feias,horríveis, se forem de Espíritos inferiores. Nesse fenômeno ocorre a mudança do aspecto de um corpo vivo, tanto na aparência dos traços fisionômicos,como no olhar, na voz, no peso do corpo, etc.
A transfiguração de Jesus, no Monte Tabor, é relatada no Evangelho .“Seis dias depois, Jesus tomou consigo a Pedro, Tiago e João, e os levou,sozinhos, para um lugar retirado sobre uma alta montanha. Ali foi transfigurado diante deles. Suas vestes tornaram-se resplandecentes,extremamente brancas, de uma alvura tal como nenhum lavadeiro na terra as poderia alvejar. E lhes apareceram Elias com Moisés, conversando com Jesus”.Quanto à presença de Moisés e Elias,foi um fenômeno de materialização (Pedro, Tiago e João eram médiuns de efeitos físicos).
Os fenômenos de Efeitos Físicos, tais como as aparições, visíveis ou tangíveis, de espíritos e objetos, fenômenos demovimentos e transportes de coisas, curas,são de todos os tempos.No Velho e Novo Testamento encontram-se referências a tais ocorrências, atingindo a sua culminância com Jesus, conforme narradas pelos evangelistas:
-CURA DE UM PARALÍTICO
-MULTIPLICAÇÃO DOS PÃES E PEIXES
– APARIÇÃO À MARIA DE MAGDALA LEVITAÇÃO
– MEDIUNS DE EFEITO INTELIGENTE – A manifestação mediúnica de efeitos intelectuais produz efeitos ou repercussões em nível mental, isto é, o Espírito comunicante conduz o médium a uma certa elaboração mental-intelectual, ao transmitir a mensagem aos circunstantes. Nessa situação, o médium é um intérprete das ideias e dos sentimentos do Espírito comunicante.

PSICOGRAFIA – MANIFESTAÇÕES MEDIÚNICAS

chicoxavier

PSICOGRAFIA – MANIFESTAÇÕES MEDIÚNICAS

PSICOGRAFIA – MANIFESTAÇÕES MEDIÚNICAS – Dá-se o nome de manifestações físicas às que traduzem por efeitos sensíveis, tais como ruídos, movimentos e deslocação de corpos sólidos.Umas são espontâneas, isto é, independentes da vontade de quem quer que seja; outras podem ser provocadas.
PSICOGRAFIA
Psicografia - Mediunidade e Efeitos Físicos
Psicografia – Mediunidade e Efeitos Físicos
É a faculdade mediúnica onde a comunicação ocorre de forma escrita, é a comunicação rápida simples e direta.
CLASSIFICAÇÃO DOS MÉDIUNS PSICÓGRAFOS – PSICOGRAFIA MECÂNICA: O espírito atua diretamente sobra amão do médium, impulsionando-a.O que caracteriza este gênero de mediunidade é a inconsciência absoluta, por parte do médium, do que sua mão escreve. O movimento desta independe da vontade do escrevente; movimenta-se sem interrupção, a despeito do médium,enquanto o Espírito tem alguma coisa a dizer, e para desde que este último haja concluído.
PSICOGRAFIA INTUITIVA: O Espírito comunicante não atua sobre a mão do médium para movê-la, mas sim sobre a sua alma, identificando-se com ela e imprimindo-lhe sua vontade e suas ideias.A alma recebe o pensamento do Espírito e o transcreve. Nesta situação, o médium escreve voluntariamente e tem consciência do que escreve, embora não grafe seus próprios pensamentos.
PSICOGRAFIA SEMI MECÂNICA – O médium sente que à sua mão uma impulsão é dada, e ao mesmo tempo, tem consciência do que escreve,à medida que as palavras se formam.
OUTRAS VARIAÇÕES (CURIOSIDADES)MÉDIUNS POLÍGRAFOS: São aqueles cuja escrita muda de acordo com o Espírito que se comunica ou que são aptos a reproduzir a escrita que o Espírito tinha em vida. O primeiro caso é muito vulgar; o segundo, o da identidade da escrita, é mais raro. MÉDIUNS ILETRADOS: São aqueles que escrevem, como médiuns, sem saberem ler, nem escrever, no estado ordinário. Muito raros; mais que os anteriores.
- See more at: http://www.nucleoalquimico.com.br/psicografia-manifestacoes-mediunicas/#sthash.GW4Z3niz.dpuf

MEDIUNIDADE POLIGLOTA OU XENOGRAFIA. Na psicografia o médium pode transmitir a mensagem do Espírito também em língua estrangeira.Além disso a mensagem pode ser escrita também de forma invertida, necessitando de um espelho para conseguir efetuar a leitura.É uma mediunidade rara, que não tem utilidade prática, sobre tudo se os circunstantes desconhecem a língua em que o Espírito se exprime. Serve, no entanto, para comprovar a sobrevivência de um Espírito, quando isso se torna necessário.
A mensagem ao lado foi psicografada pelo médium Francisco_Cândido_Xavier, de trás para diante, no idioma inglês, na sede da União Espírita Mineira, após concerto em benefício do Abrigo Jesus, realizado em 4 de abril de 1937, pelo exímio violinista Levino Albano Conceição, cego desde os sete anos de idade.Esta linda saudação, recebida em dois minutos, escrita em caracteres invertidos, poderá ser lida em um espelho, em cuja frente deverá ser colocada.Lê-se, então, o seguinte:”My dear and generous friends of the fraternitysdoctrine. Good health and peace in God, our Father!Let us learn the life in the loves law, from the instructions of Jesus Christ, Except this workalmost always in the earthly world represent thestruggle and studies of the vanity and from thedarkness of the little mens science Your Brother Emmanuel 
2015-06-11_0028
PSICOFONIA
PSICOFONIA – É a transmissão da mensagem do espírito comunicante por meio da palavra verbalizada.É a mediunidade de escolha, no atendimento aos Espíritos sofredores.Por ela, a comunicação é mais ágil, favorecendo o dialogo franco e direto com os desencarnados.Os benfeitores espirituais utilizam, com muita freqüência, a mediunidade de psicofonia para fazer exortações, promover incentivos, fornecer orientações ou esclarecimentos para um grupo ou para alguém,especificamente.
Os médiuns falantes ou psicofônicos, transmitem pela palavra falada, a comunicação de um Espírito. A psicofonia, é a forma mais acolhedora e acessível para a manifestação objetiva dos Espíritos no plano material.É das várias formas de mediunidade a mais comum no intercâmbio mediúnico e, é frequentemente chamada de“incorporação”.Esclarecemos aqui, que este termo pode sugerir uma falsa ideia de que o Espírito comunicante penetra no corpo do médium, o que na verdade não acontece.O Espírito comunicante se faz perceber pela voz do médium, utilizando-lhe o aparelho fonador, processo que se dá por uma das três formas a seguir.
Psicografia - Mediunidade e Efeitos Físicos
Psicografia – Mediunidade e Efeitos Físicos
Na psicofonia inconsciente, que representa somente 2% dos casos de médiuns psicofônicos, há uma exteriorização total do perispírito do médium, Ficando apenas ligado pelo cordão fluídico. Inexiste ligação entre o cérebro do médium e a mente do espírito manifestante e mesmo entre sua própria mente perispiritual e o cérebro físico. O fato do espírito do médium se exteriorizar do corpo físico temporariamente faz com que passe a estar inteiramente à disposição e sob controle do espírito comunicante.A atuação do espírito sobre o organismo físico do médium é mais direta,através do chacra laríngeo e dos centros nervosos liberados. Assim, o comunicante tem maior intervenção material, modificando estilo, gestose entonação de voz. Ou seja, as frases,o estilo e as ideias são todas do espírito.A mensagem é transmitida sem que o médium guarde consciência cerebral dela, porém, em espírito, o mesmo está consciente. Ao recobrara consciência, o médium geralmente nada recorda da mensagem deixada. A vantagem é que há maior liberdade para o espírito, que se identifica por gestos, entonação da voz e atitudes.
Psicofonia Semiconsciente e Psicografia Semi mecânica – Fenômeno comum a 28% dos médiuns psicofônicos, na psicofonia semi-consciente existe uma maior exteriorização do perispírito do médium, mas ainda não completa. O espírito comunicante entra em contato com o perispírito do médium, que se semi-exterioriza, e atua através deste sobre o corpo físico, ficando os órgãos vocais do médium parcialmente sob o controle do espírito que faz a comunicação. Desta forma, o espírito tem maior atuação no órgão fonador,conseguindo falar melhor, em seu próprio estilo. Ou seja, apenas as frases são do médium, mas o estilo e as idéias são do espírito.Enquanto a mensagem é recebida, o médium sabe o que fala,sente o padrão vibratório e a intenção do comunicante, podendo controlar e intervir se necessário. Porém, ao terminar a manifestação, só recordará do início e do final da mensagem,ficando apenas com uma vaga lembrança do tema abordado.
Psicofonia Consciente e Psicografia Intuitiva – A psicofonia consciente é a mais comum entre os médiuns psicofônicos (70% do total). Nela, há uma exteriorização do perispírito do médium de apenas alguns centímetros. O espírito comunicante se aproxima do médium sem manter contato perispiritual e transmite telepaticamente as ideias que deseja enunciar. É a mediunidade dos tribunos e pregadores, que manifestam a “inspiração momentânea”.O espírito emite o pensamento e influi sobre o aparelho fonador do médium, que transmite as ideias conforme as entende e usando seu próprio estilo, vocabulário e construção de frases. Ou seja, a ideia é do espírito, mas o jeito de falar é do médium.O médium sente a influência e capta o pensamento do espírito comunicante na origem, antes de falar. Desta forma,ele pode avaliar antes da manifestação, tendo fácil controle do fenômeno.
 Mediunidade e Efeitos Físicos
Mediunidade e Efeitos Físicos
MEDIUNIDADE SONAMBÚLICA OU DESDOBRAMENTO A mediunidade sonambúlica é uma variedade especial da psicofonia. Por ela o encarnado sai do corpo físico, tal como no sonambulismo, desdobrando-se, agindo e transmitindo informações que lhes são ditadas por um Espírito desencarnado.No capítulo décimo primeiro do Livro “Nos Domínios da Mediunidade”, psicografado por Francisco Chico Xavier, o Espírito André Luiz nos fornece elucidativas explicações sobre o fenômeno de desdobramento. Esclarece como se processa o afastamento do corpo físico, como o médium atua no plano espiritual, e de que forma os benfeitores auxiliam na realização desse gênero de atividade.
- See more at: http://www.nucleoalquimico.com.br/psicografia-manifestacoes-mediunicas/#sthash.GW4Z3niz.dpuf

VIDÊNCIA – “Os médiuns videntes são dotados da faculdade de ver os Espíritos.Há os que gozam dessa faculdade em estado normal, perfeitamente acordados, guardando lembrança precisa do que viram. Outros só apossuem em estado sonambúlico ou aproximado do sonambulismo. É raro que esta faculdade seja permanente, sendo quase sempre o resultado de uma crise súbita e passageira.” 
Realmente, de todas as manifestações espíritas, as mais interessantes, sem contestação possível, são aquelas por meio das quais os Espíritos se tornam visíveis. No entanto, os Espíritos nem sempre podem manifestar-se visivelmente, mesmo em sonho, apesardo desejo que se tenha de vê-los. O impedimento pode estar ligado a causas independentes da vontade deles. Frequentemente, é também uma prova, de que não consegue triunfar o mais ardente desejo. É sabido, porém, que em situações em que os laços materiais se afrouxam, em uma doença, por exemplo, é mais fácil ver Espíritos.
CLARIVIDÊNCIA – Clarividência é a faculdade mediúnica de ver com detalhes não apenas os Espíritos, mas cenas do plano espiritual. A percepção, via clarividência, é mais aprofundada. A pessoa entra em transe, permanecendo, mesmo que por breve tempo, em estado sonambúlico. Nesse estado, parcialmente desprendida do corpo,ela adquire uma espécie de dupla vista, isto é, vê o que ocorre no plano espiritual e os acontecimentos à distancia, no plano físico.
No  caso de visão à distancia, o sonambúlico não vê as coisas de onde está o seu corpo, como por meio de um telescópio. Vê-as presentes, como se se achasse no lugar onde elas existem, por que sua alma, em realidade, lá está. Por isso é que seu corpo fica como que aniquilado e privado de sensação, até que a alma volte a habitá-lo novamente.  Essa separação parcial da alma e do corpo constitui um estado anormal[incomum], suscetível de duração mais ou menos longa, porém não indefinida. Daí a fadiga que o corpo experimenta após certo tempo, mormente quando aquela se entrega a um trabalho ativo [no plano espiritual]. A vista da alma ou do Espírito não é circunscrita e não tem sede determinada. Eis por que os sonâmbulos não lhe podem marcar órgãos especial. Vêem porque vêem, sem saberem o motivo nem o modo, uma vez que, para eles, na condição de Espíritos, a vista carece de foco próprio. Na verdade, a alma não abandona totalmente o corpo.
Colonia dos Espíritos - Mediunidade e Efeitos Físicos
Colonia dos Espíritos – Mediunidade e Efeitos Físicos
No estado de desprendimento em que fica colocado, o Espírito do sonâmbulo entra em comunicação mais fácil com os outros Espíritos encarnados, ou não encarnados, comunicação que se estabelece pelo contato dos fluidos que compõem os perispíritos e servem de transmissão ao pensamento, como o fio elétrico. O sonâmbulo não precisa, portanto, que se lhe exprimam os pensamentos por meio da palavra articulada. Ele os sente e adivinha. É o que o torna eminentemente impressionável e sujeito às influencias da atmosfera moral que o envolva.
Fato digno de nota é que o vidente e o clarividente, além de verem Espíritos e o mundo espiritual, também possuem, em geral, a faculdade de audiência. Os olhos e os ouvidos materiais estão para a vidência e para a audição como os óculos estão para os olhos e o ampliador de sons para os ouvidos – simples aparelhos de complementação. Toda percepção é mental. o médium é sempre alguém dotado de possibilidades neuropsíquicas especiais que lhe estendem o horizonte dos sentidos. Ainda mesmo no campo de impressões comuns, embora a criatura empregue os ouvidos e os olhos, ela vê e ouve com o cérebro, e, apesar de o cérebro usar as células do córtex para selecionar os sons e imprimir as imagens, quem vê e ouve, na realidade, é a mente. Assim, nos fenômenos de vidência, quem vê é a alma. É uma percepção além dos sentidos humanos.
Nascimento dos Espíritos - Mediunidade e Efeitos Físicos
Nascimento dos Espíritos – Mediunidade e Efeitos Físicos
Está entendido que a faculdade de ver Espíritos, como todas as faculdades mediúnicas, diz respeito às propriedades do perispírito. O médium dispõe de recursos físicos [orgânicos] para ver Espíritos porque esta disposição foi impressa pelo perispírito, que serviu de molde ao seu corpo físico. Como toda faculdade mediúnica, a vidência é passível de desenvolvimento, se exercitada. Mas, segundo nos esclarecem os Espíritos da Codificação,  ver Espíritos,em geral e permanentemente, é algo excepcional e não está nas condições normais do ser encarnado.
Um cuidado especial que se deve ter em relação à faculdade de vidência, sobretudo quando está se manifesta inicialmente, diz respeito à imaginação que, por vezes, é bastante fértil. É importante considerar, também, que o médium pode estar vendo formas ideoplásticas projetadas do mundo físico ou do mundo espiritual. Por outro lado, se o desenvolvimento do médium ocorre de maneira equilibrada, se o médium principiante faz parte de um grupo sério, bem estruturado tanto do ponto de vista doutrinário quanto do da moral, os benfeitores espirituais não permitem que o iniciante nas tarefas mediúnicas tenha todas as potencialidades medianímicas desabrochadas. É que isso poderia conduzi-lo ao desequilíbrio psíquico, emocional e físico.
- See more at: http://www.nucleoalquimico.com.br/psicografia-manifestacoes-mediunicas/#sthash.GW4Z3niz.dpuf

MEDIUNIDADE E PROPÓSITO

registros-akashicos (1)

A MEDIUNIDADE É UM  DESPERTAR


A Mediunidade e Propósito – Pouco  importa se você vai fazer isso por meio de uma religião, um trabalho, um estudo ou uma prática constante. O que importa é desenvolver-se e ter um propósito. Definitivamente não considere que a mediunidade só pode ser desenvolvida em uma ou outra religião ou filosofia. Jesus era um grande médium, Moisés, Madre Teresa, Helena Blavatsky, Padre Pio, e até o Steave Jobs, ou seja , todos os Grandes Mestres da humanidade, foram ou são Grandes Médiuns. O interessante que não ficaram presos a uma única visão de desenvolvimento mediúnico. Eles usaram as ferramentas que tinham e isso nós podemos da mesma forma usar, para o nosso benefício e o benefício dos outros. 
Luz - Ponte de Luz vindo do Céu - Caminho para a iluminação
Luz – Ponte de Luz vindo do Céu – Caminho para a iluminação

A MEDIUNIDADE REQUER DISCIPLINA.

O que difere uma pessoa que controla a sua mediunidade e a utiliza para o seu desenvolvimento pessoal e coletivo, é a sua prática constante de exercícios, estudos e atividades que lhe promovam o fortalecimento da sua alma.
Uns percebem, outros enxergam, outros escrevem. Uns usam os “sonhos lúcidos”, outros conversam com espíritos, alguns percebem as possibilidades do futuro e outros canalizam forças de curas espirituais. Mas nada disso terá valor se você não aprender a desenvolver um estado interno de equilíbrio e amor pela vida.A medida em que você desenvolver como pessoa, a sua própria voz interna vai lhe dizer qual é o seu caminho de mediunidade. Siga com paciência o seu caminho de desenvolvimento.
- See more at: http://www.nucleoalquimico.com.br/mediunidade-e-proposito/#sthash.4W0175Kf.dpuf

Precisamos aprender a canalizar o nosso foco na evolução pessoal  e coletiva. Acredite no que você acreditar, a mediunidade pede que você de vazão a sua voz interior. Ela pede que você expresse as intenções do seu espírito para contribuir com um mundo melhor, em que você também se sinta melhor. Nenhuma ação em prol do próximo e da coletividade será justificada se você não aumentar o seu estado interno de amor e alegria a cada dia.
A mediunidade pede que a sua conexão com Deus e portanto,  você precisa ter uma prática diária de oração duas vezes ao dia e meditação ao menos uma vez ao dia. Lembrando sempre que a ” Nossa Mediunidade tem um Propósito“. 
Oração, Espiritualidade - Desenvolvendo a Mediunidade.
Oração, Espiritualidade- Desenvolvendo a Mediunidade.
VIVA COM PROPÓSITO
Você precisa compreender que tem uma missão aqui na Terra e que a sua vida não é apenas viver por viver, pagar as contas, descansar aos finais de semana, trabalhar durante a semana e procurar progredir materialmente. Você existe na Terra por uma missão, um propósito. Parte dessa missão é genérica e parte é individual, portanto personalizada. A medida em que você realiza a sua missão genérica, a missão pessoal surge diante dos seus olhos.
Missão genérica é:
1) Purificar as suas atitudes inferioridades e equilibrar a suas emoções negativas;
2) Harmonizar-se como outras pessoas;
3) Gerar bons exemplos em suas atitudes e conduta.
4) Ter pensamento e ações positivas
5) Ter bons sentimentos
Se você estiver focando em entender e desenvolver a sua mediunidade, mas estiver deixando escapar os itens que eu citei acima, pode ter certeza que você perderá muito tempo se enroscando em coisas, acontecimentos e situações desnecessárias.
Limpeza Espiritual - Meditação - Mediunidade e Propósito
Limpeza Espiritual – Meditação
Você tem condições de desenvolver a sua mediunidade para ter ajuda, tratamento espiritual e potencializar o seu sexto sentido.  Existe um caminho seguro, simples e direto com um método de 3 etapas. Milhares de pessoas estão sofrendo exatamente agora, neste momento, com desconfortos psíquicos, mentais, emocionais e físicos. E o que me preocupa realmente é saber que, via de regra, estes incômodos ou desconfortos são tratados de maneira equivocada. Isso é  MEDIUNIDADE mal desenvolvida.
Talvez você já tenha ouvido falar, até mesmo porque não é complicado notar alguns dos sinais ou sintomas da mediunidade mal desenvolvida: síndromes do pânico, depressão, ansiedade, insônia, oscilação de humor, irritação excessiva, pensamentos autodestrutivos, e o mais temido de todos: medo ou terror noturno!
- See more at: http://www.nucleoalquimico.com.br/mediunidade-e-proposito/#sthash.4W0175Kf.dpuf

Seja em consultório, seja através do mapa astrológico, existe centenas de pessoas com necessidade de desenvolver a sua mediunidade e que estavam sofrendo por não fazer isso, por literalmente estar lutando contra a sua capacidade natural.
Embora todos sejamos médiuns, o próprio Allan Kardec, na sua obra O Livro dos Médiuns, referiu que a mediunidade é algo orgânico, ou seja, do próprio organismo humano nesta vida, sendo que cada pessoa tem mais facilidade para um determinado tipo de mediunidade, e aqueles que já vem com maior potencialidade para esta capacidade natural e não a desenvolvem, acabam infelizmente sofrendo durante grande parte da sua vida.
O interessante é você notar que a mediunidade é uma sensibilidade extrafísica que qualquer pessoa tem, e requer a atenção devida, mas infelizmente nem todo mundo tem consciência dessa necessidade de desenvolver a sua mediunidade.
Meditação e Exercícios junto a Natureza. - Limpeza Espiritual
Meditação e Exercícios junto a Natureza. – Limpeza Espiritual
Grande parte dessa dificuldade decorre de visões rígidas cheias de dogmas, ou de intolerâncias doutrinárias ou religiosas para encarar o fato de que a capacidade mediúnica é algo natural do ser humano, e para isso não precisa seguir nenhuma linha obrigatória, basta você querer, estudar e abrir o seu coração e sua mente.
Assim, muitas vezes se tenta buscar e desenvolver a mediunidade, mas acabamos esbarrando nesta rigidez quase primitiva, e, ao tentar abordar o assunto de forma mais livre, acabamos taxados de loucos, alucinados e sugestões para deixar de lado, deixar pra lá mesmo. Em um dos meus estudos na Alquimia, ensina para que possamos ter nossas ações, pensamentos, e não falarmos para as pessoas, e sim dentro dos núcleos que escolhemos viver a nossa espiritualidade. Como falamos popularmente,  “Procurar a nossa Turma” para podermos nos concentrar e ter as nossas ações interiores, nosso equilíbrio e a nossa comunicação com o nosso espírito sem interferências externas. Quando alguém perguntar, apenas falamos que estamos caminhando. Exemplo:  Oi como esta? Tudo bem?  A nossa resposta : Estou caminhando… sempre caminhando.  Assim evitamos de falar, criar atritos, e o que vale é o que realmente estamos caminhando para uma grande evolução.
Não  precisamos sofrer, não precisamos acima de tudo aprovação das pessoas, você pode desenvolver as faculdades da sua alma de forma livre, leve e feliz, e, além de resolver desconfortos físicos, emocionais e psíquicos, ainda se desenvolver como pessoa e ter ajuda e tratamento espiritual.

Fonte: http://www.nucleoalquimico.com.br/mediunidade-e-proposito/#sthash.4W0175Kf.dpuf

Nascimento dos Espíritos - Mediunidade e Efeitos Físicos

Postagens mais visitadas deste blog

OS MELHORES BANHOS DE DESCARREGO DA UMBANDA

COMO SABER QUEM É MEU EXÚ OU POMBA GIRA ?

BANHOS DE ATRAÇÃO E AMOR NA UMBANDA