A SECRETA SOCIEDADE VRIL E O NAZISMO



Sociedade Vril é uma das sociedades de ocultismo mais sinistras da História, criada a mais de 100 anos e mantida em segredo até os dias de hoje. Segundo os estudiosos os membros originais acreditavam que poderiam viver em baixo da terra, ou voar até as estrelas usando o poder de uma energia misteriosa chamada “Vril”, eles acreditavam que um dia dominariam o mundo, e... chegaram muito perto disso.

Esse grupo bizarro estava dentro do partido Nacional Socialista, ou o famoso “Partido Nazista”, e como acontece com muitas sociedades secretas, tem remanescentes ainda hoje. 

As lendas por trás das sociedades secretas são apavorantes, mas as vezes, a realidade é ainda pior que a lenda. Sempre houve sociedades secretas ao longo da história, algumas voltadas para fazer o bem, outras já nem tanto, e no caso da Sociedade Vril, a verdade é perturbadora. 





Fundada antes da segunda Guerra Mundial, a sociedade Vril é ainda hoje uma das mais misteriosas sociedades alemãs, dentre seus membros, haviam muitos homens da cúpula do partido nazista, como Hermann Goering, Heinrich Himmler, e até Adolf Hitler.

Muito se diz sobre o envolvimento dos nazistas com o ocultismo e a magia negra. Os fatos não são totalmente esclarecidos. 


É historicamente documentado que os nazistas tiveram no Tibet em busca de uma origem para a raça ariana. Inclusive foi de lá que tiraram a sua famosa marca - a swastica. A parte que foge das análises históricas e consequentemente científicas é que no Tibet tiveram contado profundo com a magia negra e com o ocultismo usado para o mal aplicando esses conhecimentos nos nefastos propósitos da Segunda Guerra Mundial.


Historicamente também se constata que no final do século XIX e início do século XX, o esoterismo, o ocultismo e a metafísica estavam muito presente na sociedade européia. O próprio Hitler teria tido contato com místicos austríacos e as obras destes foram fundamentais na sua personalidade.


O objetivo dessa sociedade, em suma seria assegurar e confirmar a supremacia da raça Ariana, só que antes mesmo do Nazismo existir, os ocultistas Vril trabalhavam em total segredo fazendo qualquer coisa para garantir o poder Ariano. 

Uma vez emersos nessa sociedade obscura, faziam desde assassinatos políticos, evocação de espíritos, e o mais sinistro, sacrifícios humanos. Essa prática bizarra dos membros da Sociedade Vril teve seu auge no fim da Primeira Guerra Mundial, onde na Bavária, várias crianças ilegítimas ou órfãs foram abrigadas vindas de lugares devastados pela Guerra, crianças essas, cujo sumiço não seria percebido. 

A crença diz que o Vril vindo de uma criança era o mais concentrado e poderoso do que qualquer outra fonte, as crianças eram vistas como portais entre os mundos Astral e Material de um modo que os adultos não eram, seriam elas portanto, vítimas ideais para o sacrifício humano.

A energia Vril


A energia Vrill era eminentemente telúrica, oferecendo capacidades aos seus seguidores; a capacidade de curar ou ferir pessoas, levantar objetos e por fim a elevação dos próprios para outra dimensão de nível superior.

Esta energia Vrill era alcançada através de rituais e meditação.  A Sociedade Vril foi formada um pouco antes dos nazistas chegarem ao poder, e acreditavam que tinham conhecimento secreto que lhes permitia se sobrepor aos outros homens. Incluindo métodos de concentração e todo um sistema de ginástica interna, que seriam transformadoras. 


Quando os Nazistas se aperceberam deste suposto poder, apoderaram-se do conceito da seita e exuberaram com as suas práticas.

Esta ordem é um grupo esotérico que continua vivo ainda hoje na Índia, seu país de origem, onde conta com mais de dois milhões de adeptos. O Vril é a fonte de energia interna do ser humano.  Dentro dos conhecimentos iogues, vril e kundalini (sétimo sentido) significam a mesma coisa: o fogo serpentino - o 3º Logos.  Em outras concepções a energia Vril era chamada de Akasha.

Origem da crença no Vril

A Sociedade Vril teria combinado os ideais políticos dos iluminados da Bavária com misticismo hindu, teosofia e cabala. Ela foi o primeiro grupo alemão de nacionalistas a utilizar o símbolo da suástica como símbolo de ligação do Oriente ao ocultismo ocidental. A Sociedade Vril apresentou a noção de uma utopia subterrânea, governada por seres superiores, que tinham dominado a misteriosa energia chamada Força Vril.


A Força Vril ou Energia Vril foi dita ser derivada do Sol Negro, uma grande bola de “Matéria Prima” que supostamente existe no centro da Terra, dando luz ao Vril-ya e colocando a radiação na forma de Vril . A Sociedade Vril acreditava que os arianos eram os antepassados reais biológicos do Sol Negro.


O Nascimento da sociedade secreta

Muitas fontes afirmam que a sociedade nasceu em 1918, em reuniões secretas próximas da cidade Bavária de Berchtesgaden, foi criada então a sociedade Germânica de Metafísica, nomeada mais tarde por sociedade Vril.


Criada originalmente por dois homens, sendo um desses fundadores o filho de maquinista, chamado Adam Alfred Rudolf Glauer, que mais tarde viria a ser conhecido como Rudolf Von Zebottendorff, apesar de ser de origem humilde Adam foi muito ativo nos círculos ocultistas, ele era maçom e alquimista, e havia fundado o grupo anterior, a Sociedade Thule, onde a energia Vril também era cultuada e que também teve Hitler como membro.


O outro homem a quem se credita a fundação da sociedade Vril foi Dietrich Eckhart, viciado em morfina e dotado de um poder de persuasão hipnótico anti-semita. Eckhart foi o amigo mais próximo de Hitler entre os anos de 1918 à 1923, quando veio a falecer. Ele acreditava que estava preparando o terreno para o salvador da Alemanha, ele era acalmado por uns como um gênio e por outros tantos como louco, passou grande parte da vida entrando e saindo de manicômios espalhados pela Alemanha, era tão obcecado pelo poder que se auto-denominava “Profeta João Batista”, fazendo alusão ao profeta bíblico que pavimentou a estrada para o verdadeiro messias.



Segundo os ocultistas da sociedade Vrill, uma energia que vinha do símbolo da suástica, que tem origem em muitos povos ao redor do mundo, era vista importante para adquirir a energia Vrill. Era também um símbolo nórdico de Thor. 

Uma das maiores curiosidades da suástica nazista foi a modificação da sua rotação para o sentido Anti-Horário, uma alusão ao “caminho da mão esquerda”, pois em vários panteões mitológicos, os deuses bons estão a direita, os maus, a esquerda.

Os principais membros

Entre os membros dessa sociedade secreta bizarra estavam muitas pessoas envolvidas com o nazismo, incluindo o mundialmente odiado Adolf Hitler e outros líderes do partido, como Dietrich Eckhart, Heinrich Himmler e Hermann Göring. Eles acreditavam que poderiam – e deveriam – dominar o mundo. Alguns relatos afirmam que já foram realizadas escavações absurdas ao redor do planeta por pessoas dessa sociedade, com a finalidade de encontrar possíveis vestígios dos fantasiosos moradores subterrâneos.


Eckhart tinha um poder hipnótico conhecido por alma negra, Co-fundador do partido Nazista facilmente chamou a si Adolf Hitler. Todas as altas patentes do partido nazista eram membros da Sociedade Vrill. A sociedade servir-se-ia da energia Vrill a qual os faria voar até o infinito e tornarem-se deuses, o que facilitaria ou garantiria o sucesso em alcançar o poder absoluto e metafísico para governar o mundo. 
Chegaram a medir os crânios dos Tibetanos, convencidos que eles eram os ancestrais dos Arianos


Adolf Hitler tirou proveito do momento de Frenesi que vivia o ocultismo naquela época, manipulando os membros loucos dessa sociedade como bem quis, nenhum dos membros chegava a seus pés em crueldade, e porque não, inteligência.


Os membros dessa seita sinistra eram adeptos de práticas medonhas. Eles acreditavam que era necessário eliminar o maior número de raças possível, a fim de promover a ariana e, literalmente, dominar o mundo. Além de querer exterminar raças, alguns membros eram totalmente contra as outras religiões e chegavam a pregar que o Cristianismo era, na verdade, uma perversão judaica.

No castelo de Wewelsburg os cientistas, telepatas, médiuns e outros sensitivos se reuniam para pesquisar as novas tecnologias e se comunicar com extraterrestres a mando do comendante das SS Heinrich Himmler. Uma deles foi a influente Maria Orsic que fazia parte da sociedade Vril. Ela se comunicava com seres extraterrestres que segundo ela diziam detalhes da tecnologia antigravidade. Ela liderou um grupo de mulheres chamadas Vrilinger que eram a parte feminina da sociedade secreta Vril. 

A Sociedade Secreta Vril não seria a mesma sem Maria Orsic e suas habilidades mentais. Segundo as crenças, Maria entrou em contato telepático com seres do sistema solar de Aldebaran, recebendo diversos conhecimentos de física, tecnologia, campos magnéticos e eletro magnetismo, mas o principal, foi a instrução completa de como construir maquinas anti gravitacionais. Estas, desenvolvidas durante a 2ª Guerra mundial.


A Sociedade Vril foi uma das forças que causou a 2º Guerra Mundial, assim como a sociedade secreta Mão-negra ocasionou a 1º Guerra. Os membros se reuniam em túneis no subsolo espalhados por toda a Alemanha. Estes mesmo túneis também foram usados como depósitos de armas dos Nazistas.

Sabe-se que a Sociedade não era apenas formada por loucos e sádicos.   Ela também tinha vários cientistas extremamente inteligentes que criaram algumas das maiores armas nazistas como as poderosas bombas V1 e V2, e ajudaram a criar os melhores submarinos da época.


A influência da Sociedade Vril na história moderna teve uma proporção gigantesca, de 1888 à 1920, centenas de sociedades secretas foram criadas e transformadas, e geraram sub-grupos ainda mais secretos, alguns perigosamente nacionalistas, com a “Mão Negra”. Foi atribuída a Mão Negra o assassinato do Arqui-Duque Austríaco Francisco Fernando em 1914, desencadeando de forma singular a Primeira Guerra Mundial.

Os 30 anos que antecederam a criação da Sociedade Vril foram marcados pela solidariedade racial e pelo ocultismo, que dominava o pensamento de praticamente todas as classes sociais no fim do século XIX, domínio esse atribuído a uma grande mística desse século, chamada Madame Helena Blavatsky. 

Fundadora da Sociedade Teosófica, em 1875 e se transformou em uma referência no campo do Ocultismo, com seu livro, “A Doutrina Secreta” escrito em 1885, foi o primeiro do gênero a combinar ciência com religião, influenciou ativamente a criação de diversas sociedades posteriores, incluindo a Sociedade Vril, principalmente pelo fato de Madame Blavatsky ter escrito que pessoas da raça “Raiz Ariana” termo que significava “nobre”, e que teriam estes vindos como descendentes diretos do povo Atlantis.

A suástica ou cruz gamada é um símbolo místico encontrado em muitas culturas em tempos diferentes, dos índios Hopi (no qual se acreditavam ser descendentes dos deuses) aos Astecas, dos Celtas aos Budistas, dos Gregos aos Hindus. Ela foi usada por Hitler para simbolizar, no partido Nazista, como um símbolo de racismo e vangloria representando uma raça denominada raça Ariana. 

Os arianos eram uma tribo ou grupos étnicos que povoaram a península da índia pro volta de 1500. a.C. De acordo com Helena Blavatksy  na Doutrina Secreta (1888) os Arianos foram a quinta raça raiz da Terra segundo os seus guias espirituais do plano astral. 

Esses guias que se comunicaram com helena eram nada mais que Extraterrestres ou até mesmo espíritos da antiga civilização Atlântida que foi destruída pelo grande dilúvio em 11000 a,C.


Com a queda de Hitler e o fim da Segunda Guerra, a Sociedade Vril simplesmente desapareceu do mapa, tão misteriosamente  como ela começou. Porém um dos maiores mistérios é que além dos membros terem desaparecido, praticamente todos os rastros também desapareceram, incluindo a maioria dos projetos.




Abaixo um documentário da Discovery Chanel apresentado em 2010, onde se consultou vários estudiosos do assunto, e chegou-se a conclusão de que muitos nazistas estavam realmente ligados a uma sociedade secreta chamada Sociedade Vril.



















Fonte: http://www.megacurioso.com.br/historias-macabras/36502-voce-ja-ouviu-falar-da-assustadora-sociedade-secreta-vril-.htm
http://noitesinistra.blogspot.com.br/2013/11/a-sociedade-secreta-vril.html#.U-9RFfldUd0

Postagens mais visitadas deste blog

OS MELHORES BANHOS DE DESCARREGO DA UMBANDA

COMO SABER QUEM É MEU EXÚ OU POMBA GIRA ?

BANHOS DE ATRAÇÃO E AMOR NA UMBANDA