A MISSA NEGRA


A MISSA NEGRA


A Missa Negra é um ritual cerimonial de Satanismo que visa uma inversão, não da liturgia nova, do Papa Paulo VI (1969), mas da liturgia Tridentina, uma codificação dos diversos ritos da Igreja que foram evoluindo desde os tempos apostólicos pelo Papa São Pio V no Concílio de Trento da Igreja Católica [1] , usado como rito ordinário da Igreja do Ocidente até a fabricação do Novus Ordo Missae.
Os praticantes da Missa Negra acreditam que ela não é simplesmente uma inversão do simbolismo e das palavras de Jesus e que a missa tradicional quando celebrada (como acontece diariamente, muitas vezes, ao redor do mundo) gera certas energias ou vibrações o que pode ser, sob a interpretação deles, um ritual de "magia branca". O que uma Missa Negra supostamente faz é introduzir essas energias e então os alterá-las de modo sinistro. Isto supostamente acontece durante a consagração da Missa Negra.
O simbolismo pagão é misturado com as orações católicas com diferenciações marcantes como a utilização de um crucifixo colocado de cabeça para baixo sobre o altar. Tradicionalmente, participam de uma Missa Negra: um altar humano, uma sacerdotisa ou sacerdote, um Mestre ou Senhora do templo e a congregação. Normalmente o templo é um recinto fechado. Quando ao ar livre, florestas ou bosques podem ser locais satisfatórios mas as cavernas são ideais pois a impressão de recinto é importante para o ritual.
Igreja de Satã, criada por Anton Szandor LaVey, é uma referência importante nesse contexto.
Há muita controvérsia com relação à origem dos textos ou cânticos usados nas missas negras, muitos deles, usando latim. Lavey publicou obras com detalhes sobre estes textos. Há dois sites brasileiros que possuem material a respeito. São eles: Spectrumgothic e Morte Súbita. Na literatura Brasileira, a obra de Amauri Casagrande, Maelna & A Presença de Lúcifer, explana dois tipos de missas negras mais comentadas nos satanismo pós-Crowley.

Fonte:Wikipédia

 SATANISMO

Livro Negro de Satã - I

 IV- A Missa Negra
 A Missa Negra é um ritual cerimonial de triplo propósito. Primeiro, é a primeira vista uma inversão positiva da missa da igreja do Nazareno, e deste modo é um rito de Magia Negra. Segundo é um meio de liberação pessoal das cadeias de dogma do Nazareno e assim uma blasfêmia: um ritual para liberar sentimentos inconscientes. Terceiro, é um rito de magica em si mesmo, quer dizer, desempenhado corretamente gera energia magica que o celebrante pode manejar.
A Missa Negra foi grandemente mal compreendida . Não é simplesmente uma inversão do simbolismo e das palavras de Nazareno - quando uma missa de Nazareno é célebrada (como acontece diariamente, muitas vezes, ao redor do mundo) certas energias ou vibrações compatíveis com os atos de Nazareno podem ser geradas e podem ser dependendo da circunstância e do indivíduos participantes. Quer dizer, debaixo de certas circunstâncias, a missa de Nazarene pode ser um ritual de ' magia branca': a energia que é produzido às vezes sendo produzida porque vários indivíduos mentalmente estão envolvidos no ritual; não há nenhuma entidade externa envolvida com a produção de energia (como Anjos ou Deus).
O que uma Missa Negra faz é ' introduzir' essas energias e então os alterá-las de modo sinistro. Isto acontece durante o ' consagração' da Missa Negra. A Missa Negra também gera suas próprias formas de energia sinistra.
Ver a Missa Negra como simplesmente um escárnio é entender mal sua magicka. A Missa Negra usa a energia produzida pelas convicções produzidas a favor dos que acreditam nela, manejamos a energia , e às vezes redirecionamos ela conforme o nosso bel prazer. Esta é a verdadeira Magia Negra.
Participantes:
  • Padre-Altar - nú no altar
  • Sacerdotisa - em batas brancas
  • Senhora da Terra - em batas escarlate
  • Mestre - em batas purpúreas
  • Congregação - em vestes negros
NOTA:
Normalmente um Templo em recinto fechado. Se ao ar livre, florestas ou bosques estão satisfatórios. Cavernas são ideais. A razão para tais colocações ao ar livre é prover uma impressão de 'recinto'.
Versões:
A Missa Negra existe em várias versões. A explicada abaixo é freqüentemente a versão mais usada. A outra versão usa quase o mesmo texto, mas é empreendido por um Padre que usa uma Sacerdotisa nua no altar.
Preparação do Templo:
Incenso castanho ou de Marte deve ser queimado. Vários dos cálices devem ser cheios de vinho forte. Velas pretas acessas. Vários pires (de prata se possível) contendo os bolos consagrados - estes são assados na noite anterior pela Sacerdotisa e santificados (ex. dedicado ao Príncipe da Escuridão - veja capítulo de Cantos) pela Senhora da Terra. Os bolos consistem em mel, água primaveral, sal marinho, farinha de trigo, ovos e gordura animal.

A Missa

A Sacerdotisa inicia a Missa batendo suas mãos duas vezes.
A Senhora de Terra em direção a congregação, faz o sinal do pentagrama invertido com a sua mão esquerda e diz:
Eu descerei os até o Inferno.
A Sacerdotisa responde dizendo:
Para Satan, o Principe da Vida.
Todos:
Pai Nosso que estas no inferno assim como no céu assim como na Terra. Nos dê hoje nosso êxtase E nos entregue em tentação. Porque nós estamos a favor de seu reino no aeon dos e aeons.
Mestre:
Satanás , Príncipe todo-poderoso da Escuridão
Senhor de Terra!
Nos Conceda nossos desejos.
Todos:
Príncipe da Escuridão, ouça nos!
Eu acredito em um Príncipe, Satanás que reina em cima desta Terra,
E em uma Lei que triunfa em cima de tudo e de todos. Eu acredito em um Templo
Nosso Templo para Satanás, em uma Palavra triunfa sobre tudo:
A Palavra do êxtase. E eu acredito na Lei do Aeon,
Que é o sangue deixado pelo sacrifício
E eu não derramei nenhuma lágrima desde que me uni ao meu Príncipe
O Principe do Fogo e todo o seu reinado
E os prazeres que estão por vir!
O Senhora da Terra beija o Mestre, e então volta para a congregação, dizendo:
Satanás está convosco.
Mestre:
Veni, omnipotens aeternae diabolus!
Senhora da Terra:
Pela palavra do Príncipe de Escuridão, eu dou o elogio a você(Ela beija os lábios do principe do altar)
Meu Príncipe, do esclarecimento. Eu o saudo
Que nos de lutas e buscas aos pensamentos proibidos.
(O Mestre repete sua ultima fala)
Senhora da Terra:
Abençoado é o forte porque eles herdarão a Terra.(Ela beija o tórax do padre do altar)
Abençoado é o orgulhoso porque eles criarão deuses!
(Ela beija o pênis do padre do altar)
Deixe o humilde e o submisso em sua miséria! (Ela beija a Mestra que passa o beijo para a Sacerdotisa que beija cada sócio da congregação.)
Depois disto, ela dá o bolo que contém a consagração da Senhora da Terra, ela segura um pedaço em cima do padre do altar e diz:)
Louvado seja você, meu Príncipe e amante:
Por nosso mal ; por nossa coragem e Força, que se tornarão para nós uma alegria nesta vida.
Todos:
Satanás, Príncipe da vida!
A Senhora coloca o pedaço de bolo no corpo do padre-altar e diz quietamente:
Suscipe, Satanas, munus quad tibi offerimus memoriam Recolentes vindex.
A Sacerdotisa, dizendo quietamente ' Sanctissimi Corporis Satanas', começa a masturbar o padre-altar. Quando ela faz isso , a congregação começa a aplaudir e a gritar encorajando enquanto o Mestre e a Senhora cantam o ' canto de Veni'. A Sacerdotisa permite que o sêmen cai em sua mão , e então passa no pedaço de bolo que sustenta isto ante a congregação e diz a eles:
Os presentes de Satanás sempre estarão com você.
Todos:
Assim como estão contigo!
A Senhora devolve o bolo ao corpo do padre-altar, eleva um dos cálices e diz:
Louvado a você, meu Príncipe, desafiante: por nossa Arrogância e orgulho
Nós temos esta bebida: faça dela nosso elixir da vida.
Ela borrifica um pouco do vinho em cima do padre-altar e na congregação, então todos levantam os cálices , dizendo:
Com orgulho em meu coração eu elogio Satanás
A lança
Que ele arremeçou sobre o corpo de Yeshua,
E que os seguidores do impostor apodressam em rejeição!
O Mestre se vira para a congregação e diz:
Renunciem Yeshua, o grande Decaido , e todos os seus trabalhos
Todos:
Nós renunciamos o Nazareno Yeshua, o grande enganador, E todos os seus trabalhos.
Mestre:
Vocês afirmam Satan?
Todos:
Nós afirmamos Satan!
O Mestre começa a vibrar ' Agios o Satanas' enquanto a Senhra da Terra escolhe um bolo entre a congregação, dizendo:
Eu que sou a alegrias e o prazer da vida que os homens fortes sempre buscaram, venha que lhe mostrarei meu corpo e meu sangue.
Ela dá o pedaço à Sacerdotisa, então remove a bata da Sacerdotisa e diz:
Veja , esta tudo aqui , Nada é tão bonito quanto o Homen e a Mulher.
A Sacerdotisa devolve o pedaço de bolo a Senhora da Terra, e então a congregação levantam os bolos e os calices e depois comen e bebem os dois. Quando todos terminarem,o Senhora da Terra levanta um pires com o que sobrou e diz:
Veja, a sujeira da terra que o humilde comerá!
A congregação ri enquanto a Senhora da Terra arremessa os restos ao chão e todos pisoteiam sob os pés enquanto o Mestre continua com o ' Agios o Satanas'. A senhora bate palmas três vezes em um sinal para a congregação. E então ela diz:
Dancem, ao meu comando!
A congregação começa uma dança, enquanto estão cantando ' o Satanás! Satanás! ' . A Sacerdotisa os pega um por um, e os beija a então remove as suas batas depois da qual eles voltam à dança. O Senhora da Terra está no centro dos dançarinos, e enaltecendo os braços , diz:
Deixe a igreja do impostor Yeshua em po se esmigalhar 
Deixe toda a escória da adoração apodrecendo em miséria sem respirar! 
Nós pisoteamos e cuspimos sobre seus ditos pecados que rastejam no chão! 
Pois há caos e há gozo e há êxtase na escuridão; 
Deixe para trás o sacrifício aos céus a discussão ea velha ferida: mas acima de tudo nos deixe desfrutar 
Os presentes de nossa vida!
A Sacerdotiza sinaliza um dançarino a sua escolha. A congregação então começa a orgia de luxúria. A Senhora da terra ajuda o Padre-Altar descer do altar, e ele se une as festividades que desejar.
Então o Mestre e Senhora dirijir, a energia do ritual em uma intenção específica.
NOTAS: Durante o ' consagração' do vinho, o Mestre pode optar em dizer o seguinte (ao invés do canto de Veni):
Muem suproc mine tse cob
Ele levanta o cálice então e diz:
Murotaccep menoissimer ni rutednuffe sitlum orp iuq iedif muiretsym itnematset inretea ivon iem siniugnas xilac mine tse cih.
É com este cálice que a Senhora da Terra deve para borrificar o padre-altar. As palavras acima são normalmente impressas em um pequeno cartão que é colocado no altar antes da Missa começar: o Mestre pode se quizer usar o cartão enquando fala seu conteúdo.
Como em todos os rituais cerimoniais, é útil se todos os participantes souberem de cor o conteúdo dos textos falados. Mais é importante é que as falas sejam entendidas e declamas com vontade real o ritual é então mais efetivo e permite que os participantes fiquem mais relaxado para entrar no espírito do rito.

A Versão Gay da Missa Negra pode ser encontrada  no livro  OPFER (FENRIR Vol II Nº 

Fonte:http://www.astrologosastrologia.com.pt/61/satanismo=p1-4=livro_negro_de_sata-I=a_missa_negral.htm

A Missa Negra


Bíblia Satânica, Anton LaVey
Interessado em satanismo? Conheça Lex Satanicus, O Manual do Satanista
Nenhuma simples invenção tem sido tão associada ao satanismo quanto a missa negra. Para dizer que a maior blasfêmia de todas as cerimonias religiosas e nada mais do que uma invenção literária e certamente uma declaração que necessita esclarecimento - mas nada poderia ser mais verdadeiro.

O conceito popular da missa negra e assim: um padre depravado permanece em pé diante de um altar consistindo numa mulher nua, seus pernas numa posição de asas de águia e vagina fortemente aberta, em cada uma delas estendidas sôfregas se amoldando uma vela negra feita da gordura de bebes sem batismo, e um cálice contendo a urina de uma prostituta (ou sangue) repousando sobre a sua barriga. Uma cruz invertida suspensa acima do altar e hóstias triangulares de pão de centeio pesado ou nabo manchado de negro eram metodicamente benzidos quando o padre obsequiosamente colocava-os dentro e fora do altar formado pelos lábios genitais da dama. Então, como nos narramos, uma invocação de Satan e vários demônios era seguida por um conjunto de rezas e salmos cantados para trás e intercalados com obscenidades... tudo realizado dentro dos limites do desenho de um pentagrama protetor no solo. Se o demônio aparecia era invariavelmente na forma de um homem zeloso com a cabeça de cabra negra sobre os ombros. Então seguia um potpourri de flagelação, da queima de um livro sagrado, cunilingua, falação, e beijos gerais nas nádegas - tudo feito atras de recitações chulas da Bíblia Sagrada e cuspições audíveis sobre a cruz! Se um bebe podia ser fragelizado durante o ritual, então muito melhor; como todos sabem, este e o esporte favorito do satanista!
Se isto soa repugnante, dai o sucesso das informações da missa negra, em guardar o devoto na igreja, e fácil de entender. Nenhuma pessoa decente podia falhar ao lado dos inquisidores quando eles contavam estas blasfêmias. Os propagandistas da igreja fizeram bem o seu trabalho, informando ao publico uma historia ou outra das heresias e atos abomináveis dos Pagãos, Cataros, Bogomils, Templários e outros que, por causa da sua filosofia dualística e algumas lógicas satânicas, tiveram de ser erradicados.
A historia de bebês sem batismo sendo seqüestrados por satanistas para uso na missa foram não somente uma propaganda efetiva extensa, mas também supriu uma constante fonte de renda para a Igreja, na forma de pagamento dos batismos. Nenhuma mãe crista poderia, ao ouvir destes diabólicos seqüestradores, deixar de dar o apropriado batismo ao seu filho, rapidamente.
Outra faceta da natureza humana foi manifestada no fato de que o escritor ou artista com pensamentos lascivos podia exercitar suas predileções mais obscenas na representação das atividades dos heréticos. O censor que examina toda pornografia na condição de saber o que advertir aos outros e o equivalente moderno do cronista medieval das obras obscenas dos satanistas (e, e claro, de seus modernos jornalistas adversários). Acredita-se que a mais completa livraria de pornografia no mundo esta guardada no Vaticano.
O beijo no traseiro do demônio durante a missa negra tradicional e facilmente reconhecida como o precursor do termo moderno usado para descrever alguém que, através do apelo ao outro ego, ganhara materialmente dele. Todas as cerimônias satânicas foram realizadas em direção a muitas metas verdadeiras e materiais, o oscularum infame (ou beijo da vergonha) foi considerado um requisito simbólico em direção ao sucesso material, antes do que ao espiritual.
A suposição usual e que a cerimônia ou ritual satânico e sempre denominado missa negra. Uma missa negra não e a cerimônia mágica praticada pelo satanismo. O satanista poderia empregar o uso de uma missa negra como uma forma de psicodrama. Alem disso, uma missa negra não implica necessariamente que os realizadores são satanistas. Uma missa negra e essencialmente uma parodia dos rituais religiosos da Igreja Romana Católica, mas pode ser livremente aplicada para satirizar qualquer cerimônia religiosa.
Para o satanista, a missa negra, em sua blasfêmia dos ritos ortodoxos, nada mais e do que uma redundância. Os ritos de todas as religiões estabelecidas são atualmente parodias de rituais antigos realizados pelos adoradores da terra e da carne. Na tentativa de assexuar e tirar o aspecto humano dos credos pagãos, mais tarde o homem de fé espiritual ocultou os significados honestos por detrás dos rituais, através de suaves eufemismos agora considerados a "verdadeira missa". Mesmo se o satanista fosse gastar cada noite realizando uma missa negra, ele não estaria realizando uma caricatura mais do que o devoto paroquiano que inconscientemente assiste sua própria "missa negra" - sua trapaça ao honesto e emocionalmente sonoro ritos da antigüidade pagã.
Qualquer cerimônia considerada missa negra deve efetivamente chocar e ultrajar, pois isto parece ser a medida do seu sucesso. Na Idade Media, blasfemar a santa igreja era terrível. Agora, de qualquer modo, a igreja não apresenta uma imagem inspirando a reverencia feita durante a inquisição. A tradicional missa negra não e mais do que um ultrajante espetáculo para o padre diletante ou renegado que uma vez foi. Se o satanista deseja criar um ritual para blasfemar uma instituição aceita, para o propósito de psicodrama, ele e cuidadoso em escolher um que não esta em voga para parodiar. Deste modo, ele esta verdadeiramente trilhando a vaca sagrada.
Uma missa negra, atualmente, consistiria da blasfêmia de tópicos sagrados como misticismo oriental, psiquiatria, movimentos psicodelicos, ultraliberalismo etc. Patriotismo seria vitorioso, drogas e seus gurus seriam corrompidos, militantes aculturais seriam deificados, e a decadência das teologias eclesiásticas poderiam igualmente serem dados ao auxilio satânico.
O mago satânico foi sempre o catalisador da dicotomia necessária para modelar os credos populares e, neste caso, uma cerimonia da natureza da missa negra pode servir como um propósito magico de alta influencia.
No ano de 1666, alguns interessantes eventos ocorreram na Franca. Com a morte de Francois Mansart, o arquiteto do trapezoide, cuja geometria se tornou o protótipo das casas assombradas, o Palácio de Versales estava sendo construído de acordo com seus planos. A ultima das fascinantes sacerdotisas de Satan, Jeanne-Marie Bouvier (Madame Guyon) estava para ser ofuscada pela oportunista astuta e endurecida mulher de negócios conhecida como Catherine Deshayes, também conhecida por LaVoisin. Neste lugar estava uma embelezadora do passado que, enquanto driblava entre abortos e fornecimento dos mais eficientes venenos para as damas desejosas de eliminar maridos ou amantes indesejados, encontrou nas relatos luxuriosos das "messes noir" uma proverbial solução.
E seguro dizer que 1666 foi o ano da primeira missa negra comercial! Na região sul de St. Denis, que e chamada agora LaGarenne, uma grande casa murada foi comprada por LaVoisin e adaptada com dispensários, celas, laboratórios e.... uma capela. Tão logo se tornou de rigueur para a realeza e diletantes inferiores comparecer e participar de qualquer tipo de ritual mencionado de madrugada na capela. A fraude organizada perpetrada nestas cerimonias se tornou a marca indelevel na história como a "verdadeira missa negra".
Quando LaVoisin foi presa em 13 de março de 1679 (na Igreja da Nossa Senhora Abençoadas das Boas Novas, incidentalmente), a morte já tinha sido lançada. As atividades degradadas de LaVoisin suprimiram a majestade do satanismo por muitos anos vindouros.
A moda do satanismo para diversão e jogos apareceu na Inglaterra no meio do século dezoito na forma da ordem de Sir Francis Dashwood dos "Medmanham Franciscans", popularmente conhecido como The Hell-Fire Club. Enquanto eliminou o sangue, chifre e velas de gordura de criança das missas dos séculos anteriores, Sir Francis orientou a condução de rituais repletos de diversão bem suja, e certamente o proveu de um colorido e inofensivo psicodrama para muitos guias espirituais do período. Uma interessante peculiaridade de Sir Francis, que emprestou um vestígio de mistério ao clima do Hell-Fire Club, foi um grupo chamado Dilletanti Club, do qual ele foi o fundador.
Foi o século dezenove que trouxe confusão ao satanismo, na fraca tentativa de magos brancos tentarem realizar a magia negra. Este foi um período muito paradoxal para o satanismo, com escritores como Baudelaire e Huysmans que, apesar de sua aparente obsessão com o demônio, dando uma boa impressão de seguidores. O demônio desenvolveu sua personalidade luciferiana para o publico ver e, gradualmente, se desenvolveu numa espécie de sala de visitas de cavalheiros. Esta era a época dos experts em artes negras, como Eliphas Levi e incontáveis médiuns em transe que, cuidadosamente, delimitava espíritos e demônios, tendo também sucesso em vincular as mentes de muitos que se denominaram parapsicólogos até hoje.
Tão longe quanto o satanismo fosse interessante, os sinais mais externos dele foram os ritos neo-pagãos conduzidos por MacGregor Mathers da Hermetic Order of the Golden Dawn e Aleister Crowley na posterior Order of the Silver Star (A. A. - Argentinum Astrum) e Order of Oriental Templars (O. T. O.),* que paranoicamente condenou qualquer associação com o satanismo, apesar de Crowley se auto-imposto a imagem da revelação da besta. Ao par de algumas poesias charmosas e conhecimento superficial de antigos objetos mágicos, quando não escalava montanhas Crowley gastava a maior parte do seu tempo como um posudo por excelência e trabalhava extraordinariamente em atos pecaminosos. Como seu contemporâneo, Rev. (?) Montague Summers, Crowley obviamente gastou uma grande parte da sua vida com sua língua firmemente enrolada na sua bochecha, mas seus seguidores, hoje, estão de algum modo capazes de ler significados esotéricos dentro de cada palavra.
Permanentemente em concorrência com estas sociedades forma os clubes de sexo usando o satanismo como racional - que persiste hoje em dia, para os quais os escritores de jornais populares tem sido gratos.
Se parece que a missa negra desenvolvida da invenção literária da igreja, para o comercio depravado da realidade, para um psicodrama de diletantes e iconoclastas, para um ás no buraco da mídia popular... então onde se encontra a verdadeira natureza do satanismo - e quem estava praticando magica satânica naqueles anos depois de 1666?
A resposta deste enigma se assenta em outro. E geralmente a pessoa considerada ser um satanista realmente praticando satanismo em seu verdadeiro senso, ou antes do ponto de vista tomado pelos fazedores de opinião da persuasão celestial? Tem sido freqüentemente dito, e certamente e, que todos os livros sobre o demônio tem sido escritos pelos agentes de Deus. E, além disso, completamente fácil entender como uma certa espécie de adoradores do demônio foi criada através das invenções dos teólogos. O vocábulo equivocado "evil" não e necessariamente pratica do verdadeiro satanismo. Nem e ele a vivida incorporação do elemento do orgulho irrestrito ou majestade de si que lhe deu o mundo pos-pagão a definição sacerdotal de "evil". Ele é o produto pelo qual se elaborou posterior e mais propaganda.
O pseudo-satanista sempre dirigiu seu aparecimento através da historia moderna, com missas negras de variados graus de blasfêmia; mas o real satanista não e totalmente fácil de ser reconhecido como um.
Seria uma excessiva simplificação dizer que todo homem e mulher cheio de sucesso na terra e, sem saber disto, um satanista praticante; mas a sede do sucesso terreno e a realização do seu objetivo são certamente o terreno para Saint Peter sair do túmulo. Se a entrada do homem rico no céu parece tão difícil quanto o camelo passar pelo olho de uma agulha, então devemos pelo menos assumir que o homem mais poderoso da terra seja o maior satanista. Isto se aplica a financeiros, industriais, papas, poetas, ditadores, e todas os variados fazedores de opinião e marechais de campo das atividades mundiais.
Ocasionalmente, através de vazamentos, um destes homens ou mulheres enigmáticos da terra serão encontrados tendo feito artes negras. Estes, e claro, são trazidos a luz como homens misteriosos da historia. Nomes como Rasputin, Zaharoff, Cagliostro, Rosenberg e suas espécies são elos - indícios, assim dizendo, do verdadeiro legado de Satan... um legado que transcende as diferenças éticas, raciais e econômicas e as ideologias temporais muito bem. O satanista sempre regeu a terra... e sempre o fará, por qualquer nome que ele seja chamado.
Uma coisa permanece certa: os padrões, filosofia e praticas assentadas nestas paginas são aquelas empregadas pelos homens mais auto-realizados e poderosos da terra. No segredo do pensamento de cada homem ou mulher, ainda motivado pelas mentes sadias e sem nevoas, reside o potencial do satanista, como sempre tem sido. O sinal dos chifres deve aparecer para muitos, agora, melhor que poucos; e o magico seguira adiante para que possa ser reconhecido.

Fonte:http://www.mortesubitainc.org/satanismo/textos-satanicos/a-missa-negra

A Missa Negra, você sabe o que é ?


Missa Negra é um ritual cerimonial de Magia negra, Satanismo e culto ao Demônio "Lúcifer" que visa uma inversão da missa da Igreja Católica, e considerada também como meio de profanação a Deus e ao reinado de Jesus Cristo, onde crianças e bebes são sacrificados em  honra a Satanás.

Os Satanistas são os principais praticantes da Missa Negra e acreditam que ela não é simplesmente uma inversão dos ensinamentos e das palavras de Jesus, acreditam que a missa tradicional quando celebrada (como acontece diariamente, muitas vezes, ao redor do mundo) gera certas energias ou vibrações o que pode ser, sob a interpretação deles, um ritual de "magia branca". 

A consagração da Missa Negra e o momento mais sinistro, utilizando de um altar humano o simbolismo pagão é misturado ao católico com diferenciações marcantes como a utilização de um crucifixo sem imagem colocado de cabeça para baixo sobre o altar. Tradicionalmente participam de uma Missa Negra: uma sacerdotisa ou sacerdote, um Mestre ou Senhora do templo e a congregação. 

Normalmente o templo é um recinto fechado. Quando ao ar livre, florestas ou bosques podem ser locais satisfatórios mas as cavernas são ideais pois a impressão de recinto é importante para o ritual.

A Igreja de Satanás, criada por Anton Szandor Lavey, é uma referência importante nesse contexto.

Há muita controvérsia com relação à origem dos textos ou cânticos usados nas missas negras, muitos deles, usando latim. Lavey publicou obras com detalhes sobre estes textos. 


Na literatura Brasileira, a obra de Amauri Casagrande, Maelna & A Presença de Lúcifer, explana dois tipos de missas negras mais comentadas nos satanismo pós-Crowley.

Como o ritual Acontece:

Um padre satanista permanece em pé diante de um altar consistindo numa mulher nua, suas pernas numa posição de asas de águia e vagina fortemente aberta, em cada uma delas estendidas sôfregas se amoldando uma vela negra feita da gordura de bebes sem batismo, e um cálice contendo a urina de uma prostituta (ou sangue) repousando sobre a sua barriga. Uma cruz invertida suspensa acima do altar e hóstias triangulares de pão de centeio pesado ou nabo manchado de negro eram metodicamente benzidos quando o padre obsequiosamente colocava-os dentro e fora do altar formado pelos lábios genitais da dama. 

Então, como nos narramos, uma invocação de Satã e vários demônios é seguida por um conjunto de rezas e salmos cantados para trás e intercalados com obscenidades... tudo realizado dentro dos limites do desenho de um pentagrama protetor no solo. Se o demônio aparecer e invariavelmente na forma de um homem zeloso com a cabeça de cabra negra sobre os ombros. Então seguia um potpourri de flagelação, da queima de um livro sagrado, cunilíngua  felação, e beijos gerais nas nádegas - tudo feito atrás de recitações chulas da Bíblia Sagrada e cuspidões audíveis sobre a cruz!Se um bebe podia ser flagelado durante o ritual, então muito melhor; como todos sabem, este e o esporte favorito do satanista! Se isto soa repugnante, dai o sucesso das informações da missa negra, em guardar o devoto na igreja, e fácil de entender. Nenhuma pessoa decente podia falhar ao lado dos inquisidores quando eles contavam estas blasfêmias.

A historia de bebes sem batismo e crianças sendo sequestrados por satanistas para uso na missa e uma dura e triste realidade, principalmente pelo fato de sabermos que sua morte é terrivelmente lenta e dolorosa. 

Acredita se que a primeira missa negra tenha acontecido em 1666 e vem ganhando seguidores  a cada dia, multiplicando anualmente o numero de Satanistas no mundo, sendo Lúcifer o anjo caído acredita se também que ele é o príncipe da terra e por isso dominante do mundo terreno, não é necessário uma pesquisa muito profunda para afirmar que os maiores governantes do mundo são Satanistas, pois o mundo sempre foi regido pelas forças do demônio isso é fato, basta analisar as desgraças e sofrimentos ao qual somos submetidos todos os dias como provação coletiva ou individual humana.
Fonte:http://fatossobrenaturais2.blogspot.com/2012/12/a-missa-negra-voce-sabe-o-que-e.html

Postagens mais visitadas deste blog

OS MELHORES BANHOS DE DESCARREGO DA UMBANDA

COMO SABER QUEM É MEU EXÚ OU POMBA GIRA ?

BANHOS DE ATRAÇÃO E AMOR NA UMBANDA