O CÓDIGO DAS BRUXAS E OS ENSINAMENTOS DOS ANTIGOS

O Código das Bruxas
E Os Ensinamentos dos Antigos


Escute agora a palavra das Bruxas
Os segredos que na noite escondemos,
... quando a escuridão era o destino de nosso caminho,
e que agora dirigimos à Luz.

Misteriosos Água e Fogo,
Terra e Ar,
por sua escondida essência os conhecemos,
e manteremos em silencio.

O eterno renascimento da Natureza,
o passo do Inverno para a Primavera,
compartimos com ele a Vida Universal,
alegrando-nos no anel mágico.

Quatro vezes ao ano os Sabbats Maiores
retornam, e as Bruxas são vistas
em Lammas e Candlemas dançando,
na noite de Beltane e na velha Samhain.

Quando o dia e a noite são iguais,
o Sol está mais próximo ou mais afastado,
acontecem os quatro Sabbats Menores ,
e as Bruxas reúnem-se em celebração.

Treze Luas de prata cada ano tem,
e treze são as reuniões dos Covens,
treze vezes os Esbbats celebram-se,
para cada precioso ano e dia.

O Poder legado a través das eras,
transmitido sempre entre homem e mulher,
de época em época, transcorrendo
desde o momento em que começaram os tempos.

Quando o círculo mágico é traçado,
seja pela Espada ou pelo Athame de Poder,
seu ritmo entre os mundos jaz,
na Terra das Sombras por essa hora.

O mundo comum não deve saber então,
e o mundo de baixo tampouco o dirá:
que os Deuses Antigos invocam-se ali,
e que a Alta Magia é realizada.

Dois são os pilares místicos,
que erigem-se no altar,
e dois são os poderes da natureza,
as formas e as forças divinas.

A escuridão e a Luz em sucessão,
os opostos unidos em Um,
mostrados como Deus e Deusa,
como ensinaram nossos Ancestrais.

Pela noite Ele é o Cavaleiro do Vento Selvagem,
O Astado, o Senhor das Sombras,
durante o dia, o Rei dos Bosques,
o Morador das verdes planícies.

Ela é jovem ou velha a vontade,
navega as rasgadas nuvens em sua barca,
a Brilhante Dama Prateada da meia noite,
a Anciã que tece encantamentos na escuridão.

O Senhor e a Senhora da Magia,
que moram no profundo de nossa mente,
imortais e sempre renascendo,
com o Poder para liberar ou amarrar.

Bebam pois, vinho com os Antigos Deuses,
e dancem e façam o amor em seus louvores,
até que a bela terra de Elphane, nos receba
em paz, para o resto de nossos dias.

E seja “Faz o que quiseres” o desafio,
assim como por Amor não prejudique ninguém,
pois que este, é o único mandamento.
Pela Magia dos Antigos, que Assim Seja!

Fonte.: Magia Bruxa

Postagens mais visitadas deste blog

OS MELHORES BANHOS DE DESCARREGO DA UMBANDA

COMO SABER QUEM É MEU EXÚ OU POMBA GIRA ?

BANHOS DE ATRAÇÃO E AMOR NA UMBANDA